A covid-19, a lente de aumento e a assistência ao parto em Portugal

Estão a acontecer coisa terríveis, no âmbito da assistência ao parto e pós-parto, em Portugal e no mundo, nestes tempos de pandemia. Restrições de direitos e garantias, manipulações, imposições contrárias a recomendações internacionais e evidências científicas. A covid-19 parece funcionar como uma lente de aumento para aquilo que de pior (e também de melhor) cada sistema carrega. Infelizmente, o paradigma da assistência à gravidez, parto e pós-parto, em Portugal, apesar de todos os esforços de pessoas e organizações, nomeadamente da Associação Portuguesa pelos Direitos da Mulher na Gravidez e Parto (APDMGP), continua a ser marcado por um notório desrespeito pelos direitos humanos e por tiques patriarcais, paternalistas e até misóginos, assim como […]